Magiritsa

É uma sopa tradicional e é o primeiro prato que contém carne após o jejum da Quaresma.

Por Anastácia Katritsis – Tacía

No sábado, a ressurreição é primeiramente celebrada na igreja, pela manhã. A maioria das pessoas continuam com o jejum até à meia noite, quando voltam da igreja com as velas da santa luz.

Adentra-se as casas com essa vela acesa trazendo a nova luz. Dizemos uns aos outros: Kali Anastasi que seria “Feliz Ressurreição”.

Depois de voltarem das igrejas, os gregos costumam se reunir para degustar a famosa sopa “magiritsa” que é super forte .

Ingredientes para 10 pessoas

  • 4 pés de carneiro
  • Miúdos de 1 carneiro – fígado, pulmões, coração e intestinos
  • 1 colher de sopa de farinha de trigo
  • 1 maço de cebolinha fresca picada
  • 1 maço de aneto ou dill picado
  • 1 maço de salsinha picada
  • 2 maços de alface romana picados
  • 2 colheres de sopa de azeite
  • 1 xícara de chá de arroz
  • 3 ovos
  • Suco de 2 limões grandes
  • Sal e pimenta a gosto

Modo de preparo:

Limpar e lavar bem os pés e os miúdos. Coloque tudo numa caçarola grande com água fervente, tampe e cozinhe por cerca de 1 hora ou até ficarem macios. Retire a espuma que se forma durante o cozimento. Deixe esfriar, pique tudo, reserve o caldo e jogue fora os ossos.

Numa caçarola grande, coloque azeite e refogue a cebolinha e junte o dill, a salsinha e a alface e continue refogando. Adicione o caldo do cozimento dos miúdos, os miúdos picados, 1 colher de sobremesa de sal e cozinhe em panela tampada por 5 minutos. Junte o arroz e cozinhe por mais 15 minutos mexendo de vez em quando.

Enquanto o arroz cozinha, prepare o avgolêmono (avgholêmono) – molho de ovos e limão: bata as claras dos ovos até formarem uma espuma espessa, mas sem chegar ao ponto de neve, junte as gemas e continue batendo. Adicione metade do suco de limão e continue batendo. Junte, aos poucos, um pouco de caldo do cozimento e vá batendo para não talhar. Quando o arroz estiver pronto, apague o fogo e junte os ovos, aos poucos, à caçarola. Mexa sempre para não talhar até ficar homogêneo.

Experimente e adicione sal, pimenta e limão a gosto.

Dicas:

– Adicione iogurte à magiritsa para deixá-la mais clara e cremosa.

– Para preparar a magiritsa sem miúdos, substitua os pés e barriga por carne em cubos e tire os miúdos da receita.

– Substitua os pés de carneiro pela cabeça do carneiro.

– Se quiser reduzir a quantidade de gordura, cozinhe os miúdos e coloque o caldo na geladeira por algumas horas. Tire da geladeira e retire a gordura que solidificou.

– Prepare a magiritsa com antecedência e deixe para adicionar o avgolêmono somente na hora de servir. Para isso, aqueça o ensopado e quando estiver fervendo apague o fogo e junte o avgolêmono conforme explicado (Fonte: cozinhadagrega.blogspot.com).

www.coisas-da-tacia.blogspot.com

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Conheça outras receitas gregas

Lentilhas

Sexta-feira Santa. Nesse dia, dado o jejum, um prato muito apreciado são as lentilhas, sempre acompanhadas de pão e azeitonas e regadas com bastante vinagre.

continue lendo »

Tsurekia

Nas manhãs das quintas-feiras santas, têm-se o hábito de fazer pão caseiro. Geralmente em forma de tranças e enfeitado com os ovos vermelhos. Aqui está a receita dos pães que são chamados de Tsurekia.

continue lendo »