A história de Petros

Sempre encontraremos um pelicano chamado Petros vagando pelas ruas de Mykonos.

Existem muitas razões pelas quais Mykonos, uma das ilhas gregas mais famosas, é bem conhecida entre turistas e jet-setters de todo o mundo. Embora suas deslumbrantes águas turquesa, comida deliciosa, belezas naturais e cenário de festas de nível internacional sejam suficientes para fazer você se apaixonar pela Ilha dos Ventos, a fantástica história do pelicano Petros (Pedro) vale bem a pena ser descoberta.

Em 1958, um pescador coletou e cuidou de um jovem pelicano ferido que pousou perto de seu caique (um pequeno barco de pesca) na costa de Mykonos. Durante sua recuperação, o pelicano se acostumou tanto com os humanos que começou a vagar pelas ruas e passou a fazer parte da vida cotidiana em Mykonos, apoiado pela população local.

Não demorou muito até que os habitantes locais dessem ao pelicano um nome, Petros, que, de acordo com a lenda local, era o nome que o pescador queria dar a um filho caso tivesse a sorte de ter um. Depois disso, o adorável pelicano se tornou o mascote não oficial da ilha.

Aparentemente, o pássaro até se tornou um assunto de disputa, quando de repente desapareceu de Mykonos e foi visto na ilha vizinha de Tinos. Os moradores começaram uma campanha para resgatar seu pelicano e Petros acabou voltando para casa em segurança. O Petros original morreu em 1985.

Ouvindo a história de Petros, Jackie Kennedy-Onassis doou uma pelicana fêmea, chamada Irini, ao povo de Mykonos, enquanto o Zoológico de Hamburgo deu à ilha outro jovem pelicano macho, que herdou o nome de Petros. Desta forma, um pelicano chamado Petros sempre vagará pelas ruas da cidade de Mykonos.

Foto: Karmagroup.com/blog

Hoje, três pelicanos chamam o município de casa, Irini, Petros e um mais jovem chamado Nikolas.

Para Mykonos, Petros é muito mais do que uma atração turística; ele faz parte do legado compartilhado das pessoas e do legado duradouro de Mykonos nos corações das pessoas aos redor do mundo.

Foto de abertura: br.blastingnews.com – Fonte: www.karmagroup.com/blog

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Conheça outras curiosidades

A Queda de Constantinopla

A queda de Constantinopla ocorreu em 29 de maio de 1453, após um cerco que começou em 6 de abril. A batalha fez parte das Guerras Bizantino-Otomanas (1265-1453) e é considerada um dos dias mais sombrios da história grega e da igreja Ortodoxa.